TRT dispensa magistradas e servidoras grávidas

publicado 17/08/2009 13:10, modificado 17/08/2009 16:10

Estão dispensadas do exercício de suas atribuições, até 31 de agosto próximo, magistradas e servidoras grávidas do TRT da 3ª Região. Tal medida se justifica porque segundo levantamento do Ministério da Saúde as grávidas são mais suscetíveis à infecção pelo vírus causador da gripe influenza A (H1N1), com consequências graves à saúde, necessitando-se, pois, restringir o contato de tais servidoras com o público.

Leia na íntegra a Portaria 34 de 12 de agosto de 2009

Visualizações: