TRT implanta ginástica laboral no ambiente de trabalho

publicado 03/03/2009 15:06, modificado 03/03/2009 18:06

O TRT lançou hoje, no Setor de Atermação, no Fórum da Avenida Augusto de Lima, o Programa de Ginástica Laboral, que pretende atingir os setores de maior risco ergonômico da Justiça do Trabalho de Minas e que tenham o maior número de servidores trabalhando no mesmo horário.

Na oportunidade, o presidente do Tribunal, desembargador Paulo Roberto Sifuentes Costa, ressaltou que “o programa é um investimento no homem, no cidadão, que é o centro de tudo”. Neste contexto, o presidente afirmou que a medicina não pode atuar apenas de forma curativa, mas também na prevenção de doenças no ambiente de trabalho.

A iniciativa da implantação do programa foi da Diretoria de Saúde, por meio da Subsecretaria de Saúde Ocupacional – SASO, que elaborou, em conjunto com a Seven – empresa contratada pelo TRT, o cronograma da ginástica laboral. A demanda surgiu a partir dos dados revelados pela avaliação de saúde dos magistrados e servidores iniciada em julho/2008: 48% dos participantes relataram sentir desconforto em uma ou mais região do corpo e 31,4% em três ou mais regiões. Na capital, onde 75% dos servidores apresentam dor osteomuscular, as regiões mais acometidas são pescoço, ombro e coluna.

As sessões serão ministradas pelos instrutores da empresa no próprio local de trabalho, duas vezes por semana, com duração de 10 minutos, e compreende movimentos de alongamentos, relaxamento muscular e flexibilização das articulações.

Presente à solenidade a juíza diretora do Foro de Belo Horizonte, Sabrina de Faria Fróes Leão, Ricardo Wagner Rodrigues de Carvalho, diretor de Coordenação Administrativa, Dr. Geraldo Mendes Diniz, diretor de Saúde, Lucas Fernandes Viana, assessor de Apoio à 1ª Instância, além dos servidores da Atermação e das varas de BH que foram prestigiar o evento.

TRT implanta ginástica laboral no ambiente de trabalho (imagem 1)

Visualizações: