Juiz de Fora debate a conciliação como método para solucionar litígios

publicado 06/12/2010 13:26, modificado 06/12/2010 15:26

A Justiça do Trabalho de Juiz de Fora realizou, no dia 3 de dezembro, no Auditório da Superintendência da Caixa Econômica Federal, um seminário jurídico sobre o tema da conciliação, com a presença do desembargador do TRT da 3ª Região, Márcio Flávio Salem Vidigal. O evento, que fez parte da programação da VI Semana da Conciliação, despertou grande adesão da comunidade jurídica local, já que a conciliação tem sido objeto de intensas discussões no âmbito do Judiciário como relevante forma de solução de litígios.

O desembargador proferiu palestra sobre o tema "Jurisdição e Conciliação", que abordou vários aspectos do papel do Poder Judiciário para a obtenção da pacificação social por meio da composição espontânea do litígio. Atuaram como debatedores o juiz substituto Tarcísio Corrêa de Brito e o juiz da VT de Cataguases, Luiz Antônio de Paula Iennaco, que na ocasião proferiu a palestra "A Importância da Conciliação como Método de Solução dos Conflitos".

Juiz de Fora debate a conciliação como método para solucionar litígios (imagem 1)

Da esquerda para a direta: advogado Rogério Fajardo, do Sindicato dos Bancários de Juiz de Fora, advogado Wagner Parrot, presidente da 4ª Sub-seção da OAB-MG, juízes Márcio Tostes, Luiz Antônio Iennaco e Maria Raquel Zagari Valentim, servidora Ana Tereza, desembargador Márcio Flávio Salem Vidigal, juízes Martha Halfeld Schmidt e Tarcísio Corrêa de Brito, servidor Marcos Possato, diretor da 3ª VT de Juiz de Fora e Rodrigo Trajano, gerente do PAB CEF da JT

-

Visualizações: